27/09/2018 às 06h46min - Atualizada em 27/09/2018 às 06h46min

ALAGOINHAS – “Suicídio – entender para prevenir” foi debatido em palestra realizada pela DPE/BA

Segundo a OMS o suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos de idade

Tribuna da Bahia
Tiago júnior / Defensoria Pública da Bahia

Nem só para garantir os direitos dos mais necessitados e lutar para promover a cidadania existe a Defensoria Pública do Estado da Bahia –DPE/BA. Mesmo os problemas que estão fora do âmbito jurídico são compromissos da Defensoria. E a campanha de prevenção ao suicídio intensificada neste mês, chamada de “Setembro Amarelo”, não fica de fora.

Em vista disso, a palestra “Suicídio – entender para prevenir” foi realizada pela DPE/BA no município de Alagoinhas, que debateu assuntos relacionados à prática do suicídio. A defensora pública Camile Morais falou de como é necessário realizar eventos como este, que tragam o público para perto de assuntos importantes e os deem uma noção da seriedade.

“A construção da cidadania passa pelo conhecimento e, exatamente por isso, estamos implementando projetos que abrem as portas da Defensoria Pública para pulverizar informações, nos mais variados temas, à toda a população. O encontro de hoje é mais um exemplo do nosso compromisso com o cidadão”, pontua Camile Morais.

A Defensoria tem o compromisso de orientar os seus assistidos, por isso, é importante voltar à atenção para um assunto tão grave como o suicídio, que, segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS, mata pelo menos uma pessoa a cada 40 segundos no mundo. Somente 28 países em todo o globo possuem uma estratégia elaborada para cuidar disso.

A palestra foi realizada no último dia 21 e contou com a participação das psicólogas Karolina Leal Maia e Taate Arruda Carnaúba, que trabalham no Núcleo de Apoio da Saúde da Família – NASF de Alagoinhas.

 

Fonte* Tiago Júnior / Defensoria Pública da Bahia


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »