21/02/2024 às 09h12min - Atualizada em 23/02/2024 às 00h01min

Logística 4.0: a revolução tecnológica ao alcance de MPMEs

O conceito, já conhecido e discutido por grandes empresas, tem se popularizado entre pequenos e médios empreendedores, graças à chegada do Crowdshipping no Brasil

Ana Eduarda Ferreira
Lalamove.com.br
Divulgação Lalamove

No cenário empresarial contemporâneo, a Logística 4.0 surge como um elemento crucial para a competitividade e eficiência das empresas, especialmente para Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPMEs) que buscam enfrentar gigantes do mercado. Mas afinal, o que é a Logística 4.0 e como ela pode transformar o jogo para os empreendedores?

A Logística 4.0 representa a integração de tecnologias avançadas, como inteligência artificial, Internet das Coisas (IoT), big data e automação, no gerenciamento de cadeias de suprimentos, segundo explica Helena Lizo, Diretora Geral da Lalamove no Brasil. De acordo com a diretora da plataforma de entregas sob demanda, que conecta entregadores parceiros a usuários (sejam indivíduos ou empresas), “o objetivo é otimizar processos, reduzir custos e proporcionar uma experiência excepcional ao cliente”.

A John Richard, empresa de aluguel de móveis corporativos, destaca a importância crucial da logística em sua operação. Em meio à crescente demanda durante a pandemia, a empresa viu na eficiência logística a chave para garantir entregas rápidas e satisfazer as necessidades de residências, empresas e grandes eventos. 

Genildo Soares, Analista de Operações Sênior da John Richard, ressalta que a logística não apenas facilita a adaptação a desafios imprevisíveis, como também se tornou um pilar essencial para a eficiência operacional e a satisfação contínua dos clientes. Nesse cenário, a empresa valoriza a parceria estratégica com a Lalamove, destacando a relevância da tecnologia e inovação na busca por entregas ágeis e de qualidade: “utilizamos tecnologias como rastreamento em tempo real, IoT, análise de big data e inteligência artificial para aprimorar nossa logística, garantindo rapidez e precisão".

Última Milha: o campo de batalha da logística para MPMEs

O desafio das MPMEs na Última Milha é significativo devido a diversos fatores que convergem nesse estágio crucial da cadeia de suprimentos. O estudo “O desafio da última milha”, do Instituto de Pesquisa CapGemini, de 2019, apontou que a entrega de última milha representa 53% de todos os custos de envio e 41% dos custos gerais da cadeia de abastecimento. Helena Liz comenta que, se for gerido de forma ineficiente, o custo pode aumentar ainda mais.

Segundo ela explica, a Última Milha refere-se à fase final da entrega, onde o produto é transportado do centro de distribuição, loja ou estoque para o destino final do consumidor. Uma etapa crítica, afinal, dados levantados pelo Capterra, revelam que 73% dos consumidores esperam que e-commerces ofereçam entregas ultra rápidas. Mas isso não é motivo para desanimar, comenta ela otimista:

“Com maior ênfase na eficiência e decisões baseadas em dados, as MPMEs têm à sua disposição ferramentas poderosas para aumentar a competitividade num mercado cada vez mais global e digital. Assim, preocupações, não apenas com custos, mas também com segurança e experiência do consumidor, se tornam cada vez mais importantes para empresários de qualquer porte”, conta. 

Para a executiva da Lalamove, a aposta para 2024 é no modelo de entrega colaborativo, Crowdshipping - uma abordagem logística que conecta pedidos à comunidade local de entregadores independentes: “Ao utilizar a conectividade digital e algoritmos para coordenar as entregas entre remetentes e transportadores individuais, as empresas tem acesso a diversas vantagens competitivas”. Entre as principais estão:
 

  • Visibilidade em Tempo Real da Demanda: A capacidade de monitorar em tempo real toda a cadeia de suprimentos proporciona aos pequenos empreendedores uma visão completa das operações, permitindo reações rápidas a eventos imprevistos e melhorando a tomada de decisões.
  • Rastreamento e Rastreabilidade: Utilização de tecnologias de rastreamento avançadas para monitorar a localização e o status dos produtos em tempo real, proporcionando maior controle e segurança.
  • Eficiência na Última Milha: A Logística 4.0 oferece soluções específicas para otimizar a etapa crítica da última milha, atendendo à crescente demanda por entregas rápidas e flexíveis, algo particularmente importante para a satisfação do cliente.
  • Redução de Custos Operacionais: Otimização de processos resulta em redução de custos operacionais, seja na gestão de estoques, transporte ou armazenamento.
  • Personalização da Experiência do Cliente: Utilização de dados para personalizar a experiência do cliente, oferecendo opções de entrega flexíveis, informações em tempo real e serviços mais alinhados com as preferências individuais.

Em meio ao cenário desafiador da última milha, a John Richard vislumbra um futuro promissor impulsionado pela Logística 4.0 e pela parceria estratégica com a Lalamove. Genildo Soares compartilha otimismo quanto à capacidade da tecnologia e inovação em proporcionar entregas ágeis e de qualidade, afirmando: "A expectativa para 2024 são as melhores possíveis, pretendemos aumentar a nossa parceria com a Lalamove para continuar expandindo os negócios". Esse compromisso reflete não apenas a visão proativa da empresa em abraçar as tendências tecnológicas, mas também a confiança na construção de um futuro logístico mais eficiente e satisfatório para seus clientes.


 


Link
Notícias Relacionadas »
Ab Noticias  News Publicidade 1200x90
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia