29/11/2023 às 08h23min - Atualizada em 29/11/2023 às 08h25min

Dezembro Laranja: saiba mais sobre o câncer de pele

A iniciativa é uma parceria com a SBDBA e marca o inicio da Campanha que visa alertar a população para o aumento de procedimentos cirúrgicos em oncologia para câncer de pele

AB NOTICIA NEWS
BNEWS
Reprodução

Com a chegada do verão, os dias ficam mais quentes. Por isso, é necessário chamar a atenção da população para o câncer de pele, com a campanha Dezembro Laranja. O objetivo da ação é conscientizar sobre a doença, uma das mais incidentes no Brasil.

Por este motivo, no próximo sábado (2), acontece no Hospital Aristides Maltez, em Brotas, um mutirão de atendimento do Dezembro Laranja, mês de Conscientização sobre o Câncer de Pele. A iniciativa é uma parceria com a Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Bahia (SBDBA) e marca o inicio da Campanha que visa alertar a população para o aumento de procedimentos cirúrgicos em oncologia para câncer de pele.

A direção do hospital avisa que atendimento vai ocorrer com distribuição de ficha por ordem de chegada e é voltado para pessoas com lesão na pele. Os profissionais vão realizar os seguintes procedimentos: crioterapia, triagem para casos suspeitos e previsão de cirurgias. Estão previstos 250 atendimentos. O trabalho vai começar às 9 horas com encerramento às 15 horas.

 

“O alerta à população é fundamental. O câncer de pele tem alta taxa de cura se descoberto logo no início, por isso a importância de buscar o atendimento, manter hábitos e cuidados que ajudarão na prevenção da doença, disse a médica Tânia Novaes Magalhães chefe do setor de dermatologia do HAM.

No Brasil, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de pele não melanoma é o mais frequente e corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país. A doença ocorre, principalmente, nas áreas do corpo mais expostas ao sol, como rosto, pescoço e orelhas, podendo destruir estas estruturas.

Alguns sinais e sintomas: manchas na pele que coçam, ardem, descamam ou sangram e feridas que não cicatrizam em até quatro semanas. É importante ressaltar que o câncer de pele não melanoma apresenta altos percentuais de cura se for detectado e tratado precocemente. Entre os tumores de pele, apesar de mais frequente, é o de menor mortalidade, porém, se não tratado adequadamente pode deixar mutilações bastante expressivas.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Ab Noticias  News Publicidade 1200x90
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia