07/09/2018 às 21h04min - Atualizada em 07/09/2018 às 21h04min

UFC destitui Nicco Montaño do cinturão; Shevchenko vai disputar título vago

Dana White fez anúncio após pesagem cerimonial do UFC 228. Nicco Montaño foi a primeira campeã peso-mosca da companhia e defenderia o cinturão contra Valentina Shevchenko

Combate.com, Dallas, EUA
Josh Hedges/Getty Images

A primeira campeã peso-mosca da história do UFC perdeu seu cinturão sem nem mesmo defendê-lo. O presidente do Ultimate, Dana White, anunciou nesta sexta-feira, após a pesagem cerimonial do UFC 228, que a americana Nicco Montaño foi destituída do título da categoria após ser hospitalizada e falhar em bater o limite de 56,7kg na manhã desta sexta-feira em Dallas. Ela deveria enfrentar Valentina Shevchenko no evento de sábado.

- O cinturão vai ficar vago, então o título está vago. Obviamente, Shevchenko está louca para lutar por este título. Então, estamos no processo agora de tentar fazer outra luta antes do fim do ano - declarou Dana White em entrevista à emissora de TV americana "FS1".

Nicco Montaño, 29, conquistou o cinturão ao vencer o TUF 26, torneio montado para determinar a primeira campeã peso-mosca do UFC, em dezembro de 2017. Desde então, o Ultimate tentou colocar a lutadora nativo-americana para enfrentar Valentina Shevchenko, atleta quirguistanesa que se destacou na categoria peso-galo (até 61,2kg) e finalizou a brasileira Priscila Pedrita em fevereiro na sua estreia na divisão de baixo. Contudo, Montaño lidou com uma série de lesões e doenças que a impediram de aceitar a luta. Shevchenko afirmou nesta sexta-feira que chegou a se preparar três vezes para enfrentar a americana, apenas para ter os planos frustrados pelos problemas de lesão da adversária.

A quirguistanesa profetizou durante a divulgação do UFC 228 que Montaño não apareceria para enfrentá-la. Durante seu corte de peso para a luta, nesta sexta-feira, a campeã sofreu complicações nos rins, e sua equipe a levou para um hospital. Ela não compareceu à pesagem oficial e a luta com Shevchenko foi cancelada. Treinador de Montaño, Tom Vaughn disse ao site "MMA Junkie" que a hospitalização foi uma determinação do próprio Ultimate, não de sua atleta, e que ela já recebeu alta após ser tratada.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »