07/09/2018 às 20h55min - Atualizada em 07/09/2018 às 20h55min

Ex-UFC Melvin Guillard é procurado pela polícia após nocautear dois em briga

Lutador de 35 anos, com passagens também pelo Bellator, WSOF e Rizin, se envolveu em confusão em bar em Denver e atingiu dois homens e uma mulher

Combate.com, Denver, EUA
O lutador americano Melvin Guillard, 35, está sendo procurado pela polícia de Denver, nos EUA, por seu envolvimento numa briga num bar na cidade do estado do Colorado. Imagens das câmeras de segurança do Bar Standard, divulgadas pelo site "TMZ Sports", mostram o lutador com passagens pelo UFC, WSOF, Bellator e Rizin nocauteando duas pessoas após uma discussão, por volta de 2h da manhã (horário local) na última segunda-feira. Uma mulher tenta atacar Guillard em retaliação e também é golpeada pelo lutador.

Segundo o site "TMZ", um mandado de prisão foi emitido após várias testemunhas identificarem Guillard como o agressor do vídeo. Sua marca registrada, o cabelo curto e louro, se destaca nas imagens.

Melvin Guillard, 35, esteve no UFC entre 2005 e 2014, após se destacar no reality show The Ultimate Fighter. O "Jovem Assassino" esteve no top 5 dos pesos-leves e muito próximo de uma disputa de cinturão em 2011, após vitórias sobre nomes como Dennis Siver, Gleison Tibau, Jeremy Stephens e Evan Dunham. No entanto, foi demitido após uma sequência de cinco derrotas em oito lutas. Em julho de 2014, conquistou sua última vitória oficial ao nocautear Gesias Cavalcante no WSOF 11; desde então, são oito derrotas consecutivas, além de um "No Contest" (luta sem resultado) por ter testado positivo para uma substância proibida, durante sua passagem no Bellator. Seu cartel atualmente inclui 32 vitórias, 21 derrotas, dois empates e três "No Contests".


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »