07/09/2018 às 20h36min - Atualizada em 07/09/2018 às 20h36min

Confiante, Jair Ventura vê elenco incomodado e fala em "DNA vitorioso" na chegada ao Corinthians

Apresentado antes de Dérbi, técnico mostra discurso firme, quer Timão brigando por títulos e promete que "não vai só cumprir tabela" em 2018

Globo Esporte Diego Ribeiro, São Paulo
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Jair Ventura não perdeu tempo em seu primeiro dia de Corinthians. Horas depois de ter assinado contrato com o clube, o técnico comandou o treino desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, e foi apresentado pela diretoria logo na sequência.

Cheio de confiança, Jair viu um elenco incomodado pela má fase – reação que ele considera positiva. E afirmou o que quer ver do Corinthians nos próximos meses. No Santos, seu antigo clube, era cobrado para ter um "DNA ofensivo" na equipe. Desta vez, apresentou outro discurso quando questionado sobre o "DNA" corintiano.

– Um DNA vitorioso, de uma equipe que vem conquistando títulos atrás de títulos, e quando não acontece vem a cobrança. A gente não pode só cumprir tabela – afirmou Jair.

– A resposta do grupo já foi muito boa. Está todo mundo incomodado, e isso é bom. Conversamos, e todo mundo entende a situação – avaliou o técnico.

 
Ao lado dos diretores Duílio Monteiro Alves e Jorge Kalil, Jair Ventura dá sua primeira coletiva pelo Corinthians (Foto: Marco Galvão / Estadão Conteúdo)

Ao lado dos diretores Duílio Monteiro Alves e Jorge Kalil, Jair Ventura dá sua primeira coletiva pelo Corinthians (Foto: Marco Galvão / Estadão Conteúdo)

Ao lado dos diretores Duílio Monteiro Alves e Jorge Kalil, Jair Ventura dá sua primeira coletiva pelo Corinthians (Foto: Marco Galvão / Estadão Conteúdo)

Ao lado dos diretores Duílio Monteiro Alves e Jorge Kalil, Jair Ventura dá sua primeira coletiva pelo Corinthians (Foto: Marco Galvão / Estadão Conteúdo)

Ao lado dos diretores Duílio Monteiro Alves e Jorge Kalil, Jair Ventura dá sua primeira coletiva pelo Corinthians (Foto: Marco Galvão / Estadão Conteúdo)

A confiança se reflete nos objetivos que ele traçou em sua chegada ao Corinthians: para Jair Ventura, ainda há tempo para ser protagonista tanto na Copa do Brasil quanto no Brasileirão.

– Temos a chance clara na Copa do Brasil e temos que fazer um Brasileiro na parte de cima, que é nosso objetivo. Todos sabem que estamos todos envolvidos para fazer o Corinthians voltar a brigar por todos os títulos e competições. Você tem que respeitar a cultura, não dá para chegar e mudar tudo, mas você pode implementar de forma gradativa o que você pensa. Que a gente possa fazer essa junção e que ela possa ser vitoriosa – destacou o técnico.
 

Jair assinou com o Corinthians até dezembro de 2019. Na apresentação, não escondeu a felicidade por voltar a trabalhar – ele foi demitido pelo Santos há pouco mais de um mês, no fim de julho. A estreia dele será neste domingo, contra o Palmeiras, às 16h (de Brasília), na arena do rival. Cheio de confiança, claro.

– Jogo grande, onde o treinador acaba trabalhando emocionalmente muito pouco. Sabemos tudo o que aconteceu recentemente com as duas equipes. Sabemos da responsabilidade, mas é a vida do treinador. Você já chega e tem um clássico com o um grande treinador, que eu admiro. Vamos lá e vamos fazer um grande jogo, como já fizemos esse ano. Sabemos da responsabilidade do clássico, seria muito fácil eu chegar e deixar a maré baixar, mas não. Eu gosto dos desafios da minha carreira – avisou o novo técnico do Corinthians.

 
Jair assinou com o Corinthians até dezembro de 2019 (Foto: Diego Ribeiro)

Jair assinou com o Corinthians até dezembro de 2019 (Foto: Diego Ribeiro)

Jair assinou com o Corinthians até dezembro de 2019 (Foto: Diego Ribeiro)

Jair assinou com o Corinthians até dezembro de 2019 (Foto: Diego Ribeiro)

Jair assinou com o Corinthians até dezembro de 2019 (Foto: Diego Ribeiro)

Jair Ventura assumirá o time no lugar de Osmar Loss, afastado do cargo após a derrota para o Ceará na quarta-feira, mas que permanece como funcionário do clube – Loss volta a ser auxiliar, mas ainda sem definição sobre seu papel a partir de agora.

No Santos, a comissão técnica de Jair Ventura tinha o auxiliar Emílio Faro e o preparador físico Ednilson Sena. No Corinthians, apenas Faro vai acompanhá-lo, já que o clube tem Anselmo Sbragia no comando da preparação física dos jogadores.

 

Veja outras respostas de Jair Ventura:

Retranqueiro?

– O treinador da seleção brasileira chegou fazendo um jogo defensivo, então isso não pode me incomodar. O Corinthians revelou diversos treinadores dessa maneira, então não é incomodo. Não é que eu fico incomodado, mas já joguei de diversas maneiras. Para mim é motivo de orgulho saber que eu arrumo bem uma defesa, que eu posso fazer um time competitivo, jogando sem a bola. A maior dificuldade do jogador é jogar sem a bola. É motivo de orgulho você extrair a entrega e que eles corram o máximo.

Relação com Osmar Loss

– A relação vai ser maravilhosa. Eu não posso fazer o que não fizeram comigo. Eu fui interino em 2010, o Botafogo perdeu de 6 a 0, assumi o time e ganhei, voltei para auxiliar, o treinador chegou e não me mandou embora. Virou meu melhor amigo. Hoje, me mandou mensagem, o Ricardo. O Oswaldo também é muito meu amigo. Que com o Osmar seja assim também.
 

Novidades para o clássico

– É muito difícil fazer muita mudança em um período tão curto. A gente vai conversar e não dá para levar tanta informação para não atrapalhar. E também não dá para achar que aqui é terra arrasada, vamos continuar seguindo o trabalho que vinha sendo feito. A gente vai, gradativamente, implementando alguma coisa. Se a gente continuar dar sequência nesse trabalho que o Corinthians vem fazendo há anos, já será importante para todos nós que aqui estamos.
 

Jair do Botafogo ou do Santos?

– O Jair Ventura do Corinthians, um novo momento. Como treinador, no curso que fiz em 2005 a gente não se torna treinador para jogar só de uma maneira. Você vai jogar de acordo com o que você te para jogar. Não vai ser o Jair do Santos ou do Botafogo, vai ser o Jair do Corinthians. Quando me formei como treinador não aprendi a jogar só de um jeito. Claro que no fim de um trabalho você vai ser lembrado por ele, mas vou trabalhar de várias maneiras. Acho que vou pegar os jogadores extrair aquilo que o jogador tem de melhor.

 

Histórico de Jair

 

Jair Ventura tem 39 anos e iniciou a carreira no Botafogo em 2009, como auxiliar técnico de Ney Franco. Antes de ser efetivado, em agosto de 2016, trabalhou como preparador físico, técnico do sub-20 e treinador interino na equipe carioca.

No ano passado, mesmo com um elenco limitado, Jair conseguiu levar o Botafogo às quartas de final da Libertadores e à semifinal da Copa do Brasil, além de ter mantido uma regularidade durante grande parte do Campeonato Brasileiro.

No início desta temporada, foi contratado pelo Santos, mas ficou menos de sete meses no clube, saindo bastante criticado pela torcida. Chegou à semifinal do Paulistão e saiu antes das eliminações da Libertadores e da Copa do Brasil.

No Brasileirão, Jair deixou o Santos na 15ª colocação, próximo à zona de rebaixamento. Em 39 jogos no total, obteve 14 vitórias, 10 empates e 15 derrotas, com aproveitamento de 44,4%.

Veja as informações do Dérbi deste domingo:

Local: arena do Palmeiras, em São Paulo
Data e horário: domingo, às 16h (de Brasília)
Escalação provável do Palmeiras: Fernando Prass (Weverton), Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo, Gabriel Furtado (Jean) e Lucas Lima; Artur, Hyoran e Deyverson (Papagaio)
Desfalques do Palmeiras: Gustavo Scarpa (inflamação no calcanhar), Guerra (recuperação física), Bruno Henrique (edema na panturrilha) e Borja (lesão na panturrilha)
Pendurados do Palmeiras: Marcos Rocha, Willian, Thiago Santos, Deyverson, Victor Luis e Mayke
Escalação provável do Corinthians: Cássio, Mantuan, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Pedrinho (Clayson), Jadson e Romero; Roger
Desfalques do Corinthians: Fagner (lesão muscular na coxa esquerda) e Renê Júnior (cirurgia no joelho esquerdo)
Pendurados do Corinthians: Henrique, Gabriel, Paulo Roberto e Romero
Arbitragem: Jean Pierre Goncalves Lima (RS) apita a partida, auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP)
Transmissão: TV Globo para SP, SC, PR, MG, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PE, RN, CE, MA, PA e DF (com Cleber Machado, Caio Ribeiro, Casagrande e Leonardo Gaciba) e Premiere e Premiere HD (com Jota Jr. e Mauricio Noriega)
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir de 14h


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »