05/09/2018 às 09h22min - Atualizada em 05/09/2018 às 09h22min

Morre apresentadora da BBC que anunciou ter poucos dias de vida

Rachael Bland, de 40 anos, foi diagnosticada com câncer de mama em 2016 e, menos de dois anos depois, foi informada de que não teria como curar a doença. Ela deixou um arquivo de lembranças para filho de apenas 3 anos.

G1
Rachael Bland e o filho, Freddie, em foto de março de 2018 (Foto: Reprodução/Instagram/Rachael Bland)

A apresentadora da BBC Rachael Bland, que comoveu fãs ao anunciar ter poucos dias de vida, morreu nesta quarta-feira (5), anunciou a rede britânica. A locutora de 40 anos foi diagnosticada com câncer de mama em novembro de 2016 e, menos de dois anos depois, foi informada de que não teria como curar a doença.

Bland, que vivia em Cheshire, no Reino Unido, morreu em casa no início da manhã. Ela tinha um filho de apenas 3 anos, Freddie, para quem a apresentadora deixou um arquivo de lembranças para que ele se lembre dela.

 

Doença

 

Em maio, ela soube que seu câncer era incurável e que sua última esperança era participar de um estudo clínico, que poderia lhe abrir possibilidade para um tratamento alternativo.

Em agosto, contudo, um exame mostrou que a doença havia entrado em fase metastática - ou seja, havia se espalhado pelo corpo. Na segunda, ela anunciou que teria poucos dias de vida:

 

"Nas palavras do lendário Frank Sinatra, temo que o momento tenha chegado. E repentinamente", tuitou Bland, na segunda. "Me disseram que tenho dias (de vida). É muito surreal. Muito obrigada a todos pelo apoio que tenho recebido."

 

 

 


Lembranças

 

Em um artigo escrito para o site do Huffington Post, a apresentadora falou sobre os preparativos para que o menino se lembre dela em detalhes, mesmo sendo tão pequeno quando eles se despedissem.
 

Além de um livro, “For Freddie”, ela também preparou gravações, anotações e separou até mesmo seu perfume, para que ele se lembre da letra, da voz e do cheiro da mãe. Bland também disse que deixou presentes embrulhados para que ele abra em todos os seus aniversários, até que complete 21 anos.

 

“O principal é que, mesmo ele sendo tão novo, quero que se lembre de mim de alguma forma. Espero que o livro e esses presentes e bilhetes deixem uma marca do meu amor para o resto de sua vida. Para que ele possa ter certeza de quanto eu o amo”, escreveu Rachael.

 

Entre as providências que ela disse ter acelerado ao ser notificada que seu caso era ainda mais grave do que imaginava, Bland incluiu uma lista de instruções, que transmitu por Whatsapp para sua cunhada.

Sem querer sobrecarregar o marido, já abalado por sua doença, ela confiou na irmã dele para cumprir desejos como o de não cortar o cabelo de Freddie curto demais – a não ser que o próprio menino insista – e o de sempre deixar que ele dê sua opinião na hora de escolher em que escola irá estudar.

O marido dela, Steve Bland, descreveu Rachael como "perfeita em todos os sentidos", em um comunicado divulgado pela BBC.

"Ela era uma apresentadora incrivelmente talentosa, assim como uma maravilhosa e amada filha, irmã, tia, sobrinha, esposa e - o que era mais importante para ela - mãe do nosso pequeno e precioso Freddie", afirmou Steve.

 
Rachael Bland é apresentadora da BBC há mais de 15 anos (Foto: BBC)

Rachael Bland é apresentadora da BBC há mais de 15 anos (Foto: BBC)

Rachael Bland é apresentadora da BBC há mais de 15 anos (Foto: BBC)

Rachael Bland é apresentadora da BBC há mais de 15 anos (Foto: BBC)

Rachael Bland é apresentadora da BBC há mais de 15 anos (Foto: BBC)
 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »