27/11/2019 às 15h22min - Atualizada em 27/11/2019 às 16h20min

Porto de Itajaí se mantém com bom crescimento nos últimos meses em movimentação de cargas

Setembro de 2019 foi um mês otimista para o Porto de Itajaí. De acordo com o relatório de dados liberado pela autoridade do Complexo Portuário de Itajaí

DINO
http://www.polifitema.com.br/


Setembro de 2019 foi um mês otimista para o Porto de Itajaí. De acordo com o relatório de dados liberado pela autoridade do Complexo Portuário de Itajaí, a movimentação de contêineres, no Cais Público (berços 03 e 04) e APM Terminals (berços 01 e 02), aumentou 33%. 

Foram movimentados 42.988 TEUs (unidade que corresponde a 1 contêiner de 20 pés), contra 32.362 em setembro de 2018. Os dados também mostraram uma melhora na movimentação de cargas do porto público. Com relação a setembro do ano passado, a movimentação passou de 387.795 toneladas para 456.154, indicando crescimento de 18%. 

Prefeitura assimila otimismo aos investimentos realizados no Porto de Itajaí

De acordo com a prefeitura de Itajaí, “Os investimentos (...) em infraestrutura, desde a finalização dos berços até as obras da Bacia de Evolução, têm proporcionado essa ascensão das nossas atividades. E toda a cidade se beneficia dessa ascensão. A Prefeitura, a Superintendência do Porto de Itajaí, a comunidade em geral, os empresários e, principalmente, os trabalhadores, que atuam diretamente com a atividade portuária, ganham com isso”.

De forma geral, no Complexo Portuário do Itajaí, o melhor registro de movimentação de TEUs foi o crescimento de 12%, passando para 108.716 TEUs em 2019, contra 97.035 em 2018. Ao comparar os meses correspondentes a outubro de 2018 a setembro de 2019, com o mesmo período do ano anterior (outubro de 2017 a setembro de 2018), a movimentação de contêineres cresceu 44%. 

Previsão de crescimento para este ano é de até 8% na movimentação de cargas 

De acordo com a Superintendência do Porto de Itajaí, a previsão é de que o crescimento na movimentação de contêineres chegue aos 6% ou 7% neste ano; o de cargas, entre 7% e 8%; e a atracação de navios chegue aos 7% de aumento,  isso para todo o Complexo (desde APM Terminals, passando por Cais Público, até Terminais de Uso Privados – TUPS). 

Dentro do APM Terminals e Cais Público, tal crescimento pode variar entre 25% e 26%, com relação à movimentação de contêineres, e 29%, referente à movimentação de cargas. Tais projeções indicam o quão importante é investir na estrutura de berços (devendo estar totalmente operacional), na manutenção da dragagem e na recuperação da área de armazenagem. 

Até agora, foi registrada movimentação de 1.173.274 toneladas, realizada por 91 embarcações. Com relação às atracações, uma ocorreu na Poly Terminals; duas, na Teporti; três, no Terminal Barra do Rio; 40, na APM Terminals e Cais Público; e 45, na Portonave. 

Condições climáticas também influenciam no desempenho do Complexo

O bom tempo deste ano também influenciou no sucesso das operações. Ainda que, em setembro, tenham sido registradas 34 horas de impraticabilidade na Barra por conta de fortes ventos e presença de neblina, esse período é considerado curto. A época que compreende a transição entre inverno e primavera costuma ser marcada por intempéries, porém a ocorrência de chuva foi abaixo do esperado, evitando fechamento da Barra por correnteza. 

Equipamentos são fundamentais na movimentação e transporte

A indústria se locomove por todo o Brasil por meio de transportes que garantam a movimentação de produtos. O transporte é feito por pessoal especializado, que muito se utiliza de gancho para amarração de carga e outros equipamentos para garantir a segurança da carga movimentada.

Os equipamentos são fundamentais para realizar as atividades de amarração, movimentação e transporte e podem ser encontrados com segurança e qualidade na Polifitema. 

Navegue pelo site da Polifitema para conhecer o catálogo de produtos.



Website: http://www.polifitema.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »