26/11/2019 às 16h44min - Atualizada em 26/11/2019 às 16h24min

GN CORPORATION: Visão restaurada com transplante de células da córnea usando uma técnica com folha de nanocomposto; empresa japonesa recebe patente na Índia

DINO


Um novo método de transplante de células para tratar doenças endoteliais da córnea, como ceratopatia bolhosa, usando uma folha de nanocomposto de gel desenvolvida por cientistas japoneses, recebeu a patente indiana da GN Corporation (GNC) no Japão. Esse método recebeu anteriormente uma patente japonesa, na qual uma célula derivada da córnea de um corpo doador poderia ser usada para restaurar a visão dos olhos de vários pacientes usando células precursoras endoteliais da córnea cultivadas em laboratório.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20191126005740/pt/

Corneal endothelial cell transplantation for Bullous Keratopathy from lab to clinical translation using polymer cocktails and nano-composite gel sheet (Graphic: Business Wire)

Corneal endothelial cell transplantation for Bullous Keratopathy from lab to clinical translation using polymer cocktails and nano-composite gel sheet (Graphic: Business Wire)

Corneal endothelial cell transplantation for Bullous Keratopathy from lab to clinical translation using polymer cocktails and nano-composite gel sheet (Graphic: Business Wire)

As doenças endoteliais da córnea devido a trauma, incluindo trauma cirúrgico inadvertido durante procedimentos de catarata, afetam aproximadamente 30.000 pacientes na Índia e milhões em todo o mundo todos os anos, para os quais a camada endotelial da córnea ou a córnea total do corpo doador deve ser transplantada, fazendo com que um olho do corpo doador salve um olho de um paciente. Nesse contexto, os bancos de olhos em todo o mundo descartam 30% das córneas doadoras consideradas impróprias para transplante devido ao número inadequado de células endoteliais. A tecnologia da GNC recupera as células disponíveis na córnea descartada de doadores e as transforma em ferramentas úteis para restaurar a visão após a multiplicação no laboratório para salvar vários olhos de pacientes que aguardam transplante, e é denominada missão “An-eye for Eyes” (um olho por olhos).

O maior obstáculo para um resultado clínico foi com o procedimento de transplante de células. Em tentativas anteriores de transplante de células por vários grupos em todo o mundo, o paciente tinha que ficar deitado com os olhos para baixo por longas horas e assim permitir que as células fossem injetadas na câmara anterior do olho, se instalassem no local do dano endotelial e ajudassem a reparar a doença que afeta o endotélio da córnea. A presente realização utilizou uma nova folha de nanocomposto de gel, evitando assim essa postura inconveniente para os pacientes, pois possibilitou um enxerto bem-sucedido em olhos de animais e um trabalho semelhante em um estudo-piloto humano que provou ser eficaz, no qual uma célula derivada da córnea do doador poderia ser usada para ajudar a restaurar a visão de três pacientes (Am J Stem Cells, 2018).

A GNC firmou uma parceria com a JBM Inc., & Edogawa Evolutionary Laboratory of Science, Tóquio, para estabelecer uma instalação de desenvolvimento de nanomateriais para produzir essa folha de nanocomposto de gel e está abertaàcolaboração com parceiros acadêmicos e do setor na propagação global dessa técnica. Pacientes em países em desenvolvimento onde os enxertos de doadores de córnea são inadequados para atenderànecessidade de pacientes com doenças da córnea que aguardam o transplante serão beneficiados por essa técnica, de acordo com os inventores.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Em caso de dúvidas, consultar:

GN Corporation

Samuel JK Abraham

[email protected]


Fonte: BUSINESS WIRE
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »