25/11/2019 às 13h57min - Atualizada em 25/11/2019 às 17h08min

Tecnologia acelera consumo em 10% e requer gestão mais profissional de donos de restaurantes

Com expansão anual em torno de 10%, o setor de alimentação fora de casa, por meio de relatórios e análises contábeis individualizadas para cada setor do empreendimento, existe a possibilidade real em se mensurar os indicadores de sucesso (o que é de suma importância para acompanhamento e análise do gestor).

DINO
https://www.previsa.com.br/
Contabilidade para restaurantes, bares e lanchonetes


Atualmente, segundo dados fornecidos pelo Instituto de Foodservice Brasil, o setor alimentício (primordialmente, bares e restaurantes) atende uma média de 80 milhões de clientes famintos por mês – e fatura, em média, R$ 178 bilhões mensais. Para tanta demanda, o mercado está, cada vez mais, repleto de inovações, novos estabelecimentos e, consequentemente, muita competitividade, inclusive nas redes sociais.

A ABRASEL, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, realizou uma pesquisa com mais de 1.000 frequentadores com mais de 16 anos, das classes A,B e C, e o resultado foi que na hora de escolher o local para suas refeições e entretenimento, os principais canais de pesquisa dos usuários são o Facebook, com 65,2% dos usuários, em seguida o Instagram (46,9%) e, após, o WhatsApp (42,1%).

O gestor de um restaurante necessita, constantemente, buscar a qualidade sempre crescente do estabelecimento e detalhes que se destaquem frente a concorrência. Este reflexo atinge diretamente o mercado pelas redes sociais, 27,3% dos entrevistados utilizam o smartphone para compartilhar experiências nas redes sociais e 25,1% para fazer check-in nos estabelecimentos.

A tecnologia vem mudando o mercado consumidor

De acordo com a ABRASEL, nos últimos 30 dias, mais de 65% das pessoas pediram comida via delivery e foram comer direto nos estabelecimentos, em contrapartida, o número de pessoas que apenas solicitaram o delivery foi de apenas 9% dos entrevistados. Um comportamento impensado em alguns anos atrás.

Os aplicativos tornaram a disputa acirrada, e a pesquisa mostrou que 34% das pessoas saem de três a cinco vezes ao mês para comer. A classe A tem o hábito de comer fora 11 vezes ao mês. Os bares e restaurantes mais procurados, do qual a pesquisa aponta são: o fastfood (47,4%), o self-service (41,5%) e as pizzarias (40,1%).

E isto mostra que o empresariado não pode pensar que a concorrência são apenas os estabelecimentos do mesmo segmento alimentício. As pessoas estão querendo cada vez mais novidades, rapidez e atendimento, e estão tendo acesso a muita informação, dando opinião online sobre suas experiências.

O gestor tem preocupações que vão além de Tecnologia, Marketing e Comunicação

Comunicação e marketing são grandes protagonistas no mundo moderno, e quem entende bem tem grande chance de se dar bem na prospecção de clientes. Porém, não garantem o sucesso. A falta de conhecimento e planejamento financeiro é responsável por mais de 70% da mortalidade das MPE’s no Brasil de acordo com o SEBRAE.

A necessidade em atender as exigências dos órgãos municipais, estaduais e federais, com uma atenção mais minuciosa nesses quesitos – para não ter a dor de cabeça de fechar o estabelecimento em decorrência de alguma vistoria ou documentação faltante.

A verdade é que, em média, 60% dos empreendedores da área de Bares e Restaurantes cometem esse equívoco e, como consequência, 80% desses empresários acabam falindo antes que seu restaurante complete 5 anos de funcionamento. Um índice alarmante por ser 10% superior à média geral das empresas em geral.

É uma quantidade exorbitante de preocupações para o empresário – o que pode resultar em uma ação negativa: não dar a atenção devida para a contabilidade do restaurante.

Não se atentar à contabilidade do restaurante pode levar à falência

Mesmo tendo em mente que o empresário opta por abrir o negócio, normalmente, baseado com as suas próprias afinidades (ou seja, um empreendedor do ramo alimentício, possivelmente, está envolvido com seu amor por gastronomia), é de suma importância que exista um foco, também, em demonstrações financeiras e análises contábeis.

Com um crescimento de 10% ao ano, de acordo como SEBRAE, o segmento é um dos responsáveis pela evolução da economia no País. Gera cerca de 450 mil novas oportunidades de emprego por ano, e necessitam de uma contabilidade especializada e com técnica apurada para realizar o trâmite de Departamento Pessoal de forma eficiente.

Através do serviço de contabilidade, o gestor do restaurante poderá se organizar frente aos seus ativos, passivos, receitas, custos e despesas, a rentabilidade e lucratividade do negócio.

A produtividade da mão de obra e através disso, pode realizar um bom planejamento tributário.

Um bom planejamento tributário garante saúde financeira aos bares e restaurantes

Pode, a priori, não parecer algo tão relevante para aqueles que não tem conhecimento da área, mas, a grande verdade é que a saúde financeira do restaurante dependerá de tal gestão.

Compreender a saúde financeira do restaurante e as formas cabíveis de aumentar a lucratividade do mesmo pode significar o sucesso ou fracasso do negócio. Por isso, assim como gestor, ao delegar as funções, confia a cozinha a um chef (especialista do setor), é de suma importância que confie a contabilidade a profissionais competentes para lidar com as finanças.

Contar com o apoio de uma assessoria contábil especializada em contabilidade para bares e restaurantes ajudará a gastar menos tempo com os números e mais tempo no aperfeiçoamento de outras áreas.

Um bom planejamento tributário garante saúde financeira aos bares e restaurantes

Ao delegar as tarefas a uma equipe especializada em gestão contábil, o empreendedor fica seguro de estar atendendo corretamente a todas as exigências dos órgãos reguladores e da forma que melhor colabora para o crescimento do seu restaurante. Pode, dessa forma, manter seus olhos atentos às atividades que serão destaque frente a competitividade do mercado alimentício.

É importante destacar, aqui, que o serviço de terceirização do setor contábil vem, cada vez mais, atraindo a atenção de estabelecimentos gastronômicos. Equipes como a da PREVISA Contábil – empresa especializada em contabilidade de bares e restaurantes, poderá trazer ao empreendedor tranquilidade, uma vez que conta com (conforme descrito anteriormente) equipe especializada, atualizada e experiente (com know-how para uma gestão eficiente).

Profissionais especializados na aplicação das melhores práticas e técnicas, como os da equipe supracitada, têm o poder de fornecer aos empresários todas as informações financeiras para tomada de decisões de forma assertiva, além do auxílio eficaz no controle sobre os recursos do restaurante.

Por meio de relatórios e análises contábeis individualizadas para cada setor do empreendimento, existe a possibilidade real em se mensurar os indicadores de sucesso (o que é de suma importância para acompanhamento e análise do gestor). A contabilidade para restaurantes e bares auxilia o gestor a ter maior conhecimento sobre seu próprio negócio

Quer saber um pouco mais? Entre em contato.

Sobre a Previsa

Criada há quase 40 anos, a PREVISA CONTABILIDADE tem como objetivo assessorar os clientes em todas as áreas de seu negócio. Para tanto, a empresa atende segmentos específicos de mercado, além de negócios de diferentes tamanhos. Uma das características da Previsa é seu atendimento com excelência.

Para mais informações, entre em contato com:

Érica Martins

[email protected]

+55 (31) 9 9954-0537

 



Website: https://www.previsa.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »