21/11/2019 às 12h51min - Atualizada em 21/11/2019 às 12h51min

Leilão de itens pessoais de Hitler é criticado

Ab Noticia News
Estadão Conteúdo 21/11/19
Reprodução
Um leilão de itens de líderes nazistas provocou protestos na Alemanha, depois de organizações de sobreviventes do Holocausto acusarem a casa de leilão Hermann Historica de "normalizar" o nazismo.

Entre os objetos está um chapéu de Adolf Hitler, vendido por 50 mil euros, uma cópia do livro Minha Luta, por 130 mil euros, e roupas de Eva Braun, a amante do líder nazista. Foram vendidos também itens de membros do alto escalão nazista, como Heinrich Himmler e Rudolf Hess. (Com agências internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »