08/11/2019 às 11h04min - Atualizada em 08/11/2019 às 17h35min

A utilização dos eletroestimuladores na estética e reabilitação

Um equipamento muito procurado pelos profissionais da saúde, especialmente os terapeutas, é chamado de neurodyn II. Este moderno equipamento é uma espécie de estimulador neuromuscular transcutâneo que é destinado aos tratamentos de reabilitação física e muscular.

DINO
http://www.hsmed.com.br
eletroestimuladores


A indústria da beleza e estética não é a única que está em desenvolvimento e expansão no Brasil. O mercado de dispositivos médicos também tem alcançado saldo positivo no último ano, o que tem gerado expectativa positiva entre os profissionais do setor em 2019.

Apenas no ano passado, o mercado de dispositivos médicos brasileiros no ano de 2018 conseguiu movimentar US$ 10,5 bilhões de dólares, conforme o boletim econômico da Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde (ABIIS). As importações apresentaram o total de U$$ 5,4 bilhões de dólares. Já a produção nacional – que representa uma fatia maior do setor com 51,5% do todo – atingiu U$$ 5,7 bilhões de dólares em negócios.

Além de atingir os recordes de produção, o mercado de dispositivos médicos também alcançou saldo positivo na geração de emprego, uma vez que somente entre janeiro e dezembro de 2018 foram abertas 6.058 vagas na indústria e comércio, uma alta de 4,6% em relação a 2017. Em 2019, até o momento, são 63,1 mil trabalhadores na indústria e 75,8 mil no comércio de dispositivos médicos, segundo a ABIIS.

Os números mostram que o mercado de dispositivos médicos está em plena expansão e desenvolvimento, mesmo em períodos de crises econômicas e políticas vivenciadas pelo Brasil nos últimos anos.

Este crescimento é atribuído ao intenso investimento em equipamentos e aparelhos tecnológicos de eletromédicos, eletroterapêuticos e irradiação. Os profissionais, hospitais e clínicas de todo país estão procurando modernizar o atendimento. Com isso, todos estão em busca de novos aparelhos modernos para proporcionar maior qualidade desde o diagnóstico e exames até chegar ao tratamento da doença do paciente.

De olho nessa oportunidade, pequenas, médias, grandes empresas e multinacionais estão investindo no desenvolvimento de novos equipamentos e aparelhos modernos e altamente tecnológicos com o objetivo de atender a demanda do mercado que tem expectativa de crescimento para os próximos cinco anos.

Um equipamento muito procurado pelos profissionais da saúde, especialmente os terapeutas, é chamado de neurodyn II. Este moderno equipamento é uma espécie de estimulador neuromuscular transcutâneo que é destinado aos tratamentos de reabilitação física e muscular.

O Neurodyn II é desenvolvido pela Indústria Brasileira de Equipamentos Médicos (Ibramed). Ele é um equipamento para aplicação de corrente elétrica via eletrodos em contato direto com a pele e músculo do paciente.

A tecnologia do aparelho é utilizada para terapia de disfunções neuromuscular por reunir em um único aparelho as correntes: TENS, FES e Russa, além de possuir quatro canais com ajuste de intensidade independentes, o que possibilita a escolha de parâmetros.

Além disso, por ser um moderno aparelho tecnológico, o Neurodyn II oferece 32 protocolos pré-programados e 20 particulares para facilitar os atendimentos realizados em clínicas e consultórios terapêuticos de reabilitação de todo país.

O Neurodyn II vem acompanhado de um display LCD que facilita a identificação dos protocolos e programações. O seu design moderno e compacto permite ser instalado em qualquer lugar. Inclusive, o aparelho altamente tecnológico possui uma bolsa desenvolvida especialmente para transportar o equipamento.

O aparelho Neurodyn II da Ibramed é reconhecido por todos os profissionais da saúde pela sua versatilidade. Afinal, ele reúne três correntes em um único equipamento, aumentando as possibilidades de tratamento.

A configuração de onda quadrática simétrica da corrente TENS (Neuroestimulação Elétrica Transcutânea) tem um impulso de pequena permanência e é apropriado para instigar as fibras nervosas presentes na pele humana. A TENS emitida pelo Neurodyn II é uma corrente clássica empregada para o tratamento de dor por meio da estimulação sensorial. Esse estímulo é bem consentido pelo paciente até durante as intensidades consideradas altas.

A corrente TENS também é indicado para os casos de: dores pós-operatórias; dores cervicais; dores lombares; dores de cabeça, face e de ATM; dores articulares, artrites, bursites, luxações e entorses; dores musculares, contusões, miosites, tendinites e miofaciais; dores de câncer; dores viscerais abdominais; dores nas costas e torácicas; dores no coto de amputação e em membros fantasma; dores talâmicas e das lesões medulares; neuropatias e neurites, occipital, pós-herpética, trigeminal, diabética e traumática, distrofias simpático reflexas.

A corrente de Estimulação Elétrica Funcional (FES) se utiliza de estímulos que possuem baixa frequência para causar oscilações funcionais ou uma série de oscilações perdidos devido às lesões e/ou comprometimento do sistema nervoso.

A onda do FES, emitida pelo Neurodyn II da Ibramed, é recomendada para: facilitação neuromuscular; fortalecimento muscular; ganhar ou manter amplitude de movimento articular; combater contraturas e tecidos moles; controlar a espasticidade; para o uso como uma Órtese; prevenção ou tratamento de atrofia por desuso; aumento da circulação sanguínea local; relaxamento do espasmo muscular e estimulação dos músculos da perna e tornozelo de pacientes parcialmente paralisados para proporcionar a flexão do pé, melhorando assim a marcha do paciente.

Por fim, a corrente Russa é uma espécie de onda alternada de média frequência (2,5 kHz) modulada em bursts retangulares com frequência usual de 50Hz e ciclo de trabalho de 50%, geralmente aproveitada para causar fortalecimento muscular sem desconforto significante para o paciente.

No caso da corrente Russa, ela é aconselhada para tratamentos que buscam promover a: facilitação neuromuscular; fortalecimento muscular; hipertrofia muscular; prevenção ou tratamento de atrofia por desuso; aumento da circulação sanguínea local; reeducação muscular; ganhar ou manter amplitude de movimento articular; combater contraturas e tecidos moles; controlar a espasticidade e relaxamento temporário dos espasmos musculares.

Portanto, o Neurodyn II é um aparelho versátil por permitir ser utilizado em diversos tratamentos através da multiplicidade das variações disponíveis. O Neurodyn II é o aparelho mais buscado para modernizar as clinicas e consultórios, colaborando para o crescimento, expansão e desenvolvimento do mercado de dispositivos médicos.



Website: http://www.hsmed.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »