14/10/2022 às 14h53min - Atualizada em 18/10/2022 às 00h02min

Cuidados com os pets durante a primavera

Grupo Petlove dá dicas para aproveitar a estação com cães e gatos

SALA DA NOTÍCIA Tadeu Santos

O clima ameno e agradável da primavera é um ótimo convite para sair de casa para passear com os pets e aproveitar as paisagens floridas e coloridas. Mas para aproveitar a chegada desses dias mais quentes e úmidos é preciso se atender a alguns cuidados para cães e gatos para evitar problemas comuns desta época do ano.

A médica-veterinária e coordenadora de conteúdo do Grupo Petlove, Jade Petronilho, explica que diferentes características da estação provocam o aumento de casos de crises alérgicas. “Nessa época, os pets podem ter mais reações alérgicas por alguns motivos específicos como as mudanças de temperatura, picadas de insetos e maior concentração de pólen no ar por conta da polinização. Além disso, no Brasil, quanto mais quente a temperatura, é mais frequente que os cães saiam mais de casa, muitas vezes ficando expostos às abelhas, pulgas e carrapatos, por exemplo”, comenta Jade.

A especialista conta que o acúmulo natural de pólen e poeira no ar, típicos da estação, podem provocar problemas respiratórios nos cães e gatos como chiado, tosse, espirros, além de secreção nos olhos e no focinho. Além disso, o aumento das temperaturas faz com que parasitas como carrapatos e pulgas se propaguem com maior facilidade, aumentando as infestações nos pets e fazendo-os sofrer com lesões e desconfortos na pele além da possibilidade de contrair doenças transmitidas por estes parasitas.

Os tutores também precisam prestar atenção nas flores e plantas que possuem em casa, pois certas espécies como comigo-ninguém-pode, espada-de-são-jorge, costela-de-adão, bico-de-papagaio, copo-de-leite, antúrio, azaléia, lírio, hortênsia, dama-da-noite e espirradeira são tóxicas para cães e gatos. Ao terem contato com elas ou ingeri-las, os pets podem ter não somente vermelhidão na pele e coceira persistente, mas também quadros de vômito, diarreia, salivação e outros problemas mais graves. “A qualquer sinal de mudança no comportamento habitual dos pets, o tutor deve procurar um médico-veterinário para a identificação do problema e tratamento correto”, alerta Jade.

Para minimizar os riscos de reações alérgicas durante a primavera, a especialista do Grupo Petlove lista algumas ações que os tutores devem seguir para garantir o bem-estar dos pets durante a estação:

- Ampliar a quantidade de escovações, principalmente após passeios e verificar a presença de parasitas como pulgas e carrapatos;

- Em cães de pelo longo, se atentar à periodicidade da tosa, se necessário;

- Evitar passeios em locais com grama muito alta, que possuem maior probabilidade de concentrar parasitas;

- Manter o espaço dos pets limpo, seco e arejado;

- Usar periodicamente carrapaticidas e antipulgas nos cães e gatos, de acordo com a orientação do médico-veterinário;

- Oferecer água fresca em abundância para minimizar a sensação de calor do pet;

- Fazer uso de repelentes de insetos no ambiente e no pet, se aconselhamento do médico-veterinário;

- Manter jardins e espaços externos das casas o mais limpo possível para evitar o surgimento de animais como aranhas, sapos, lagartas e escorpiões que chamam a atenção de cães e gatos domésticos e podem ocasionar acidentes;

- Dar preferência por cultivar flores e pet friendly, como alecrim, lavanda, camomila, hortelã, capim-limão e tomilho.

 

Sobre o Grupo Petlove
Fundada em 1999, o Grupo Petlove iniciou suas atividades como um e-commerce, pioneiro no setor no país, e hoje se consolida como o primeiro ecossistema pet no Brasil. Atualmente, a companhia engloba outras frentes de negócios, como saúde, hospedagem e serviços, sempre focada em oferecer soluções completas para tutores e pets, seja no mundo virtual ou presencial. Com as marcas DogHero, Porto.Pet e Nofaro - que, em breve, serão integradas à Petlove, em uma marca única – a companhia conecta a jornada do cliente, que pode resolver todas as questões relativas ao pet em um só lugar. A empresa também tem forte atuação no segmento B2B e busca a valorização dos profissionais do setor, com soluções voltadas a médicos veterinários e petshops, empreendedores e pet sitters, fortalecendo todo o ecossistema pet por meio das plataformas de conteúdos técnicos e auxílio ao médico veterinário e de gestão de negócios com as marcas Vet Smart e Vetus, respectivamente.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia