13/10/2022 às 10h08min - Atualizada em 14/10/2022 às 00h16min

ESTUDO DA GASA REVELA PERDA DE US$ 55,3 BILHÕES COM SCAMS NO MUNDO TODO

Os scams (ou golpes) se tornaram uma epidemia global

DINO


De acordo com o Relatório sobre o Estado Global de Scams 2022 da Global Anti Scam Alliance (GASA) e do ScamAdviser realizado em 48 países, houve um aumento de 10,2% no número de scams reportados, de 266 milhões em 2020 para 293 milhões em 2021. O dinheiro perdido com scams aumentou em 15,7%, de US$ 47,8 bilhões em 2020 para US$ 55,3 bilhões em 2021.

Este comunicado de imprensa inclui multimédia. Veja o comunicado completo aqui: https://www.businesswire.com/news/home/20221006005577/pt/

Figure 1: Money Lost and Number of Scams Reported Worldwide (Photo: Business Wire)

Figure 1: Money Lost and Number of Scams Reported Worldwide (Photo: Business Wire)

Figure 1: Money Lost and Number of Scams Reported Worldwide (Photo: Business Wire)

Deixou de ser um mal ocidental
A GASA afirma que os scams não são mais um mal “ocidental”: 53% dos filipinos declararam haver sido alvo de scammers em 3 meses; 11% dos entrevistados afirmaram que foram vítimas. Outros países em desenvolvimento, como Brasil, Gana, Nigéria, Quênia e Arábia Saudita, informaram um grande crescimento nos scams on-line, principalmente por meio de celulares.

Os scams de investimento continuam crescendo
Países como Austrália e Singapura declaram que os scams de investimento e criptomoeda continuam crescendo. O governo turco suspendeu o câmbio de criptomoeda, congelando US$ 2 bilhões em ativos. O Canadá informou uma perda de US$ 164 milhões em scams de investimento e os cidadãos americanos perderam US$ 575 milhões.

Os scams continuam sendo um dos tipos de delito menos notificados
Na Austrália, estima-se que sejam reportados 13% de todos os scams. O Canadá estima que apenas 5% dos casos chegam aos tribunais. Israel estima que esse número seja 9%, enquanto na Holanda e na França, as estimativas variam entre 12% e 17%.

As redes sociais como um trampolim para os scammers
As autoridades paquistanesas afirmam que 23% dos crimes on-line informados tiveram início no Facebook. A Indonésia afirma que 51% dos scams têm início nas redes sociais. Mais de uma em cada quatro pessoas que informam perda de dinheiro nos EUA afirmam que o problema teve início nas redes sociais.

Pegue-os enquanto são jovens
Os jovens são mais visados e perdem dinheiro com uma maior frequência do que os mais velhos. Na Finlândia, a taxa etária mais atingida são os indivíduos entre 18 e 30 anos (23,3%). A Universidade de Twente na Holanda confirma que há uma maior probabilidade de os jovens serem alvo de scam.

A cura para o scam?
De acordo com uma pesquisa do Fórum Econômico Mundial, apenas 0,05% de todos os crimes cibernéticos são julgados. À medida que os scammers se profissionalizam, aumentar a conscientização não é suficiente. São necessárias mais medidas preventivas, e uma remoção mais rápida dos scams é fundamental.

A GASA está organizando a Conferência Global de Anti Scam para definir ações concretas a fim de combater a fraude on-line. Você pode fazer o download do Relatório do Estado Global de Scams aqui.


Contato:

Jorij Abraham

[email protected]

+31 30 799 60 22


Fonte: BUSINESS WIRE
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Ab Noticias  News Publicidade 1200x90
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia