31/07/2018 às 11h10min - Atualizada em 31/07/2018 às 11h10min

‘É momento de deixar o Schumacher viver sua vida em paz’, diz Jean Todt

Extra

Agência O Globo -
Agência O Globo -

As notícias sobre o estado de saúde do heptacampeão mundial Michael Schumacher são raras. A família não se pronuncia, muitos menos os amigos que são autorizados a visitar o alemão, como o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt. O dirigente que foi diretor-chefe da Ferrari no período em que o ex-piloto conquistou cinco títulos com a escuderia (de 2000 a 2004) na Fórmula 1 evita falar e dar detalhes sobre o amigo, para respeitar um pedido da família.

“É momento de deixar o Schumacher viver sua vida em paz", ”, sem dar maiores detalhes.

A publicação ainda tentou que o cartola desse uma visão superficial do estado de saúde de Schumacher, mas Todt repetiu que todos precisam deixar o alemão em paz. A família de Schumacher mantém a privacidade no tratamento e informações sobre o ex-piloto.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »