29/09/2022 às 21h37min - Atualizada em 30/09/2022 às 00h02min

Chef Dani Bandeira revoluciona culinária natural com elementos da cultura caiçara

Com quase 30 anos de experiência, a nutricionista é reconhecida pelas receitas veganas e mira em expandir as receitas no litoral norte de São Paulo

SALA DA NOTÍCIA NB Press
A chef Dani Bandeira, reconhecida principalmente na cidade de São Paulo por ser precursora da culinária vegana, anuncia seu novo projeto no litoral paulista. A nutricionista carrega quase 30 anos de experiência e, após se mudar para Ilhabela e ter contato com elementos da cultura caiçara, passou a adicionar ingredientes frescos e cheios de histórias às suas receitas.
É o caso do creme de camarão, desenvolvido com ingredientes retirados direto das mãos dos pescadores da comunidade tradicional do Bonete, e que passou a integrar o cardápio do tradicional Festival do Camarão de Ilhabela. A taioba, uma folha cultivada pelos nativos e cheia de sabor, também foi adicionada às receitas, estimulando também a economia dos agricultores locais. Produtos orgânicos, cultivados por empreendedores da região, também se tornaram estrelas nos pratos da chef.
Dani Bandeira se formou em nutrição em 1993 e, em 2013, quando pouco se falava em vegetarianismo, veganismo e na importância da alimentação saudável, fundou o restaurante Tuk Tuk, em parceria com uma escola de yoga, na Vila Madalena. O nome da empresa é inspirado nos curiosos carros indianos, país berço do ayurveda – medicina ancestral que trabalha ingredientes em benefício da saúde física, mental e espiritual.

Naquele espaço, a chef desenvolveu suas primeiras receitas naturais e passou a ser convidada para criar o cardápio de eventos com conceitos sustentáveis, como a reconhecida Feira na Rosenbaum e a Sabor Nacional.
Paralelamente, Dani começou a vender marmitas saudáveis e oferecer buffets para festas e eventos particulares, atraindo cada vez mais apreciadores de sua comida e seguidores nas redes sociais. Ao longo dos últimos anos, também foi responsável pela alimentação de retiros espirituais e de yoga na cidade de Ubatuba.
Após passar pelo tratamento de um câncer, a chef resolveu mudar de ares e investir em uma vida mais saudável, próxima da natureza e do mar. Definitivamente na ilha desde 2021, Dani já coleciona fãs de seu estilo e integra os principais buffets e eventos locais. Ela, inclusive, foi particularmente escalada pelo cantor BNegão para fazer seu camarim, quando ele descobriu que seu show seria na cidade onde ela está morando.
Hoje, além do serviço para eventos e camarins, ela oferece box de café da manhã, caldos congelados para restaurantes e entregas individuais, e está lançando uma linha de sobremesas veganas especiais com opções sem glúten e sem açúcar.
Para 2022, o projeto é se debruçar ainda mais sobre os ingredientes da cultura caiçara e as plantas alimentícias não convencionais (PANCS), criando e recriando receitas com o conceito de sustentabilidade, bem-estar e muito paladar.
“Minha intenção é ressignificar o conceito de comida saudável, trazendo mais liberdade para dentro da cozinha e estimulando a sociedade e a cultura local. O contato com a inspiração caiçara e com a natureza exuberante de Ilhabela trouxe novos conceitos para meu trabalho com a comida e para minha vida”, diz Dani.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Ab Noticias  News Publicidade 1200x90
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia