29/09/2022 às 11h22min - Atualizada em 30/09/2022 às 00h01min

Calçados Bibi encerra 1º semestre de 2022 com crescimento de 42% nas exportações

Progresso da marca segue dados do PIB, que mostra alta nos envios de produtos da indústria brasileira para fora do Brasil de 2,2%

SALA DA NOTÍCIA DFreire
DFreire
Divulgação
Segundo dados do PIB (Produto Interno Bruto) divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a economia brasileira avançou 1,2% no segundo trimestre de 2022, em comparação com o mesmo período de 2021, sendo o melhor desempenho desde 2013, que foi de 1,4%. O resultado positivo é decorrente de dois fatores: retorno das atividades presenciais e consumo de bens essenciais para as famílias brasileiras, e o aumento nas exportações de produtos e alimentos. De acordo com o PIB, a indústria cresceu 2,2% de abril a junho deste ano. A Calçados Bibi, que exporta para mais de 70 países, fechou o primeiro semestre deste ano com crescimento de 42%, em relação a 2021.

Com duas plantas fabris localizadas em Parobé, no Rio Grande do Sul, e em Cruz das Almas, na Bahia, a empresa que é especializada na fabricação e comercialização de calçados para crianças de 0 a 9 anos destina 22% dos 2,5 milhões de pares produzidos no ano para a exportação. “No primeiro semestre deste ano a Bibi teve incrementos interessantes. De janeiro a agosto, as exportações de pares de calçados da marca cresceram 18%, em relação ao mesmo período de 2019. Além disso, a expectativa da rede para este ano é exportar aproximadamente 28% a mais pares que 2019, e 19% a mais em dólares. O resultado favorável superou as expectativas diante dos grandes desafios do mercado estrangeiro e brasileiro. Com histórico positivo no quesito exportação, já que levamos nossos produtos para outros continentes desde a década de 70 com marca e design próprio, buscamos soluções e parcerias com os fornecedores para negociar taxas de fretes, prazos de envio, entre outras demandas para continuar abastecendo os mercados com calçados que levam o DNA da Bibi, que é oferecer calçados e acessórios, com qualidade, conforto e segurança aos consumidores estrangeiros”, revela a presidente da Bibi, Andrea Kohraulsch.


A Calçados Bibi também viu o aumento na busca por seus produtos com a volta das atividades presenciais em larga escala no Brasil. Consequentemente, houve um crescimento nas vendas em toda a rede de calçados infantis, que registrou um incremento de 56% no faturamento do grupo, englobando as exportações, as 150 operações de franquias situadas no país e na América Latina, e as vendas para negócios multimarcas. Além dos envios de produtos para todos os continentes do mundo, a marca enxerga na expansão de lojas exclusivas para outros países uma estratégia para levar as diferentes coleções de calçados e acessórios aos consumidores. Recentemente, a franquia chegou ao Chile com a abertura da primeira operação física, totalizando 17 unidades estrangeiras.

Há 73 anos no mercado calçadista infantil, a empresa é referência no segmento varejista infantil e em projetos de transformação digital, em atendimento ao cliente e produtos livres de substâncias tóxicas e com inteligência para preservar a saúde das crianças. Para este ano, a marca espera ampliar a presença no Brasil e em solo latino-americano com a abertura de 25 operações. Além disso, para se manter líder de mercado, a Bibi lança calçados e acessórios em cada nova estação seguindo as últimas tendências da moda, trazendo novidades e modelos de acordo com o perfil dos seus consumidores, contribuindo para o desenvolvimento infantil saudável em todas as fases, um passinho por vez.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Ab Noticias  News Publicidade 1200x90
Mande sua denuncia, vídeo, foto
Atendimento
Mande sua denuncia, vídeo, foto, pra registrar sua denuncia