20/01/2022 às 10h33min - Atualizada em 20/01/2022 às 10h28min

Películas de proteção solar: saiba o que é permitido instalar no seu carro

AB Notícia news

O clima do Brasil é de um país tropical, com um verão intenso e bastante incidência solar, mesmo nas estações mais frias, como o outono ou o inverno.
Por isso, quem tem carro que precisa ficar estacionado ao ar livre sabe como pode ser complicado entrar no veículo depois de receber tantos raios solares e acabar ficando muito quente.

No entanto, o uso de películas de proteção solar podem ajudar nessa questão.
Porém, é importante entender que nem todas as películas de proteção solar podem ser instaladas em seu automóvel.

É mais ou menos como um pneu de moto ou bagageiro extra: apenas alguns modelos são aprovados pela lei e, portanto, é vital para o motorista entender qual pode ser usado para não correr o risco de receber uma multa ou outro tipo de punição.

Entenda agora mesmo quais películas de proteção solar podem ser usadas! Para isso, basta seguir a leitura abaixo!


Quais películas de proteção solar podem ser instaladas no seu carro?

Um ponto importante para entender sobre a lei brasileira, seja no Código de Trânsito Brasileiro, seja em qualquer outra legislação, é que as leis do Brasil são "modulares", por assim dizer. Elas seguem uma hierarquia (a Constituição é a principal e as outras vão "se encaixando" abaixo dela) e se comunicam entre si.

Por exemplo, o Código de Trânsito Brasileiro é a legislação que normatiza o que pode ou não ser feito no trânsito. Mas ela está em constante comunicação com outras leis e regulamentações de órgãos brasileiros.

Um bom exemplo é o caso das películas de proteção solar. No artigo 111 do CTB diz que é proibida a instalação de películas que comprometam a segurança do automóvel, segundo a "regulamentação do CONTRAN".

Ou seja: a lei afirma que não se pode instalar películas que comprometam a segurança do carro e diz que a regulamentação do CONTRAN é a responsável por decidir o que é uma "película que compromete a segurança do carro".

Portanto, temos de ir até à Resolução 254, de 2007, emitida pelo CONTRAN para entender quais são as películas de proteção solar que são permitidas no seu carro. De acordo com o documento, as películas instaladas devem obedecer um valor mínimo de transparência:

  • Para-brisas: mínimo de 75% de transparência;

  • Vidros laterais dianteiros: mínimo de 70% de transparência;

  • Outros vidros: mínimo de 28% de transparência.

Assim, quando você for comprar a película para instalar em seu automóvel, veja qual será o vidro em que a instalação será feita e confira a transparência mínima do material. Se estiver dentro do limite estabelecido pelo CONTRAN, então pode comprar e instalar sem medo.

Quais outras maneiras de reduzir a temperatura interna do veículo?

Além da instalação de películas de proteção solar, existem outras maneiras de reduzir a temperatura interna do seu automóvel. Veja algumas dicas para isso a seguir!
 

Compre carros de cores claras

Se você se preocupa com a temperatura interna do seu automóvel, vale a pena usar a Ciência e a Natureza ao seu favor e comprar veículos de cores claras, preferencialmente a cor branca.

Isso é uma estratégia simples e muito conhecida, mas que realmente faz a diferença, especialmente quando trabalhada ao lado de várias outras estratégias.

O que acontece é que as cores claras são formadas por refletirem a maior parte do espectro de luz que vem do Sol. Quando um raio solar (cheio de cor e energia) bate nessas cores, ele é majoritariamente refletido, fazendo com que o calor não fique ali. Já os tons mais escuros, como o preto, absorvem esse raio e acumulam o calor internamente.

Um estudo da revista Quatro Rodas mostrou que a diferença de cor entre os automóveis pode gerar até 9ºC de diferença na temperatura interna. Parece pouco? Então pense em como é a sensação de estar a 21ºC e a sensação de estar a 30ºC. E agora? Viu como faz diferença?


Não estacione sob o Sol

Além da cor do carro, evite estacionar o seu automóvel diretamente sob o Sol. Muitas vezes, as pessoas fazem isso porque é mais perto do trabalho ou algo do tipo, mas o preço pode ser alto.

É preferível andar um pouco mais ou pagar um estacionamento um pouco mais caro para poder manter seu automóvel na sombra. Além de não sofrer com o calor, você ainda conseguirá preservá-lo por mais tempo.

Se não for possível, use aqueles materiais de proteção que refletem a luz solar e impedem que o interior do seu automóvel se transforme em um forno.

Agora que você já viu quais são as películas de proteção solar que podem ser instaladas no seu carro, segundo o Código de Trânsito Brasileiro, e outras formas de reduzir a temperatura interna do seu automóvel, pode começar a agir para ter um carro mais fresco por dentro.

Uma boa película de proteção pode, inclusive, aumentar o preço do seu automóvel na revenda, especialmente se você morar em uma região de muito calor.

Gostou do conteúdo? Então comente abaixo e compartilhe-o com seus amigos nas redes sociais!

Link
Lucas Widmar Pelisari

Lucas Widmar Pelisari

Músico, escritor, formado em investigação forense e perícia criminal

Leia Também »
Comentários »